aband.jpg

Empreiteiro apodera-se de dinheiro abandona obra a metade e causa outros prejuízos.

Empreiteiro abandona a construção da secretaria e residência oficial da chefe do Posto Administrativo de Miteda, após o desembolso de quatro milhões de Meticais, o equivalente a oitenta porcento do custo da obra, no distrito de Muidumbe, província de Cabo Delgado.

         O caso arrasta-se há quatro anos e forçou ao Governo local a intentar uma acção judicial contra o construtor actualmente em parte incerta.

gover.jpg

Nove aeroportos e aeródromos passam para privados.

O Governo vai concessionar 9 aeroportos do país a entidades privadas.

Dos aeroportos a serem concessionados, destaca-se o de Inhambane, e a medida visa melhorar as infra-estruturas e os serviços de atendimento aos passageiros.

É já daqui a quinze dias que será cumprida a decisão Ministerial de passar de maneira gradual os aeroportos do país à gestão privada.

Trata-se de 9 aeroportos e aeródromos que vão a concurso público em forma de cadernos de encargos para encontrar, de entre os privados, os que melhor podem oferecer óptimos serviços aos passageiros.

É uma medida que já levanta inquietações com relação à questão da fixação das tarifas aos clientes, uma vez que o mercado nacional é liberalizado. Facto que pode levar a encarecer os serviços aeroportuários ao cliente.

A esse propósito, o Presidente do Conselho de Administração da empresa Aeroportos de Moçambique defende que a concorrência entre os operadores poderá ditar as políticas fiscais.

E para atrair mais proponentes privados a gerir os aeroportos e aeródromos e conferir valor acrescentado às infra-estruturas, o sector da Aviação Civil Nacional espera para breve a entrada de mais companhias aéreas.

De entre as Companhias que vão operar em Moçambique destaca-se a Ethiopian Airlines.

chfauna.jpg

Conflito Homem – Animal: Elefante mata mulher em Zongoene Gaza.

Uma mulher perdeu a vida vítima de ataques de elefantes em Zongoene, distrito de Limpopo, província de Gaza.

A finada que desconhecesse o nome, fazia-se acompanhar, na altura, da irmã que também foi alvo dos maus tratos do paquiderme, e encontra-se a receber tratamentos médicos no hospital local.

Fontes hospitalares indicam que a mulher está fora de perigo.

Na altura do ataque ocorrido na quarta -feira, a vitimafazia - se acompanhar pela irmã que não resistiu aos ferimentos  e morreu no local.

ingc.jpg

INGC distribui material de construção em Dondo à dezanove famílias afectadas.

Instituto Nacional de Gestão de Calamidades entrega material de construção a dezanove famílias no distrito de Dondo em Sofala.

São famílias que perderam suas casas devido a fortes chuvas aquando da passagem do sistema de baixa pressão. 

A água que inundou o bairro Samora Machel já está a ser bombeada, aliás, o Director Geral do INGC, aquando da sua visita, constatou erros humanos na construção de estradas como factor de inundações nesta zona do distrito de Dondo.

Já na Beira, a situação de inundações é cíclica no bairro de Ndunda. Uma zona que por lei, não deveria ser habitada antes da criação de condições apropriadas. 

A governadora de Sofala deplora as construções em zonas de risco como o bairro de expansão de Ndunda.

 

fipaggg.jpg

FIPAG realiza estudos para melhorar qualidade da água em Lichinga.

Fundo de investimento e património de abastecimento de água, “FIPAG”, executa estudos geofísicos na Cidade de Lichinga.

As obras têm por objectivo determinar uma fonte de captação de água com o intuito de melhorar a qualidade de abastecimento do precioso líquido a Autarquia de Lichinga.

A informação foi avançada durante a visita do primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário ao FIPAG.

%PM, %15 %595 %2018 %15:%Fev.

Mangais em Moçambique podem desaparecer

mangaissds.jpg

Trezentos mil hectares de mangais no país estão sob pressão da actividade humana e correm risco de desaparecer.

A situação preocupa as autoridades do Mar que esta quarta-feira reuniu parceiros para elaborar a Estratégia e o Plano de Acção dos Mangais em Moçambique.

Moçambique dispõe da maior área de mangais ao nível da região Astral de África, mas grande parte deste mangal está a ser destruída.

As regiões do país com situação do mangal crítica são as províncias de Maputo, Sofala, Nampula e a Cidade de Quelimane na Zambézia. Face ao risco, as autoridades do Mar e parceiros estão a discutir a estratégia dos mangais em Moçambique.

Moçambique comprometeu-se, no ano passado, aquando da Conferencia das Nações Unidas sobre os Oceanos, a fazer o replantio de cinco mil hectares de mangal até 2022.

clnprv.jpg

Governo de Sofala, manda encerrar a clínica privada que funcionava com equipamento supostamente desviado do Hospital Central da Beira.

A unidade sanitária em causa, tem 5 dias para apresentar comprovativos da proveniência e aquisição do equipamento.

 

gdbvdo.jpg

Niassa prevê vacinar vinte e dois mil e quatrocentos bovinos contra o carbúnculo hemático e assintomático este ano.

Igualmente, a província tem um plano para imunizar cães e aves contra raiva e Newcastle.

pmnss.jpg

Primeiro-Ministro já se encontra em Lichinga para uma visita de trabalho de 3 dias à província do Niassa.

À chegada, Carlos Agostinho do Rosário desafiou a população do Niassa a prosseguir com as acções de promoção e manutenção da paz, reconciliação e desenvolvimento.

paifilprm.jpg

Sobem casos de corrupção activa no seio da Polícia na cidade de Maputo.

 Em 2016 os números de casos de corrupção eram de 8 no seio da corporação para no ano seguinte disparar para cento e quarenta e seis.

Entretanto a capital está a registar actualmente uma redução de casos criminais, tais como, recursos a arma de fogo, homicídios, raptos e outros crimes considerados violentos.  

PROGRAMAÇÃO DE TV

Câmbio do Dia

Moeda Compra Venda
EUR 74.68 76.17
USD 60.70 61.91
ZAR 5.20 5.30
Fonte: BCI, 23 de Fevereiro de 2018

Telefones Úteis

Por provincia

Assista a emissão em directo:

tvm1 smalltvm2 small